Comunique Blog

JOGAR LIXO EM VASOS SANITÁRIOS E RALOS PODE CAUSAR O ENTUPIMENTO DE TUBULAÇÕES

E FAZER COM QUE O ESGOTO RETORNE PARA DENTRO DAS RESIDÊNCIAS


Jogar restos de comida e de óleo de cozinha em pias de residências e lançar fios de cabelo, cotonetes, absorventes, preservativos e fraldas descartáveis em vasos sanitários ou ralos são algumas das atitudes que prejudicam o funcionamento das redes de esgoto. O descarte incorreto de resíduos pode acarretar o entupimento das ligações ou das redes, o extravasamento das tubulações e até mesmo o retorno do esgoto para dentro dos imóveis.

O coordenador operacional da BRK Ambiental, Fernando Cortez, ressalta que, com a pandemia, as pessoas têm passado mais tempo em casa e os cuidados precisam ser redobrados: “É fundamental que a rede esteja em boas condições e ainda mais importante no verão, já que a estação é marcada pelo aumento do volume de chuva”, orienta Cortez.

Ele destaca ainda uma outra prática bastante nociva, que é a interligação indevida e irregular da água de chuva na rede de esgoto. “Essa atitude, muitas vezes causada por desconhecimento sobre o assunto, assim como as ligações clandestinas, são proibidas por lei. É algo que pode causar o entupimento e o extravasamento do esgoto em vias públicas e pelos ralos e vasos sanitários de domicílios, estabelecimentos comerciais e indústrias. As redes de esgoto são projetadas para receber, exclusivamente, o efluente dos banheiros, das pias e da cozinha”, explica.

Medidas para evitar problemas nas redes de esgoto:

– O óleo de fritura, depois de utilizado no preparo dos alimentos, deve ser armazenado em garrafas plásticas e entregue nos pontos de coleta para que seja destinado a empresas que o adotam como matéria-prima.

– Faça uso das caixas de gordura e mantenha-as sempre limpas, para evitar transtornos com as tubulações de esgoto dentro dos imóveis.

– Todo imóvel deve ter uma caixa de inspeção ou Terminal de Inspeção e Limpeza (TIL) acessível na calçada ou próxima a ela, para que seja possível identificar problemas no esgotamento e realizar a manutenção das ligações de esgoto.

– Todo imóvel deve manter separada a rede de esgoto das tubulações de água pluvial (água de chuva).

– Em casos de entupimentos, extravasamentos ou retornos de esgoto, a população pode comunicar o fato à empresa por meio dos canais de atendimento remotos, como o telefone gratuito 0800 771 0001 e o site www.brkambiental.com.br, que funciona 24h, ou pelos perfis da empresa nas redes sociais.


3 visualizações

O Governo do Estado busca revitalizar o Centro Histórico com o programa Nosso Centro, que entre outros empreendimentos, habitações e equipamentos, contempla também a construção do Casarão Tech, localizado na Rua da Estrela N. 472, prédio que vai ser um verdadeiro parque tecnológico, reunindo quando estiver pronto empresas, espaços públicos dedicados à aceleração de incubadoras e startups e mantendo ainda mais próximos e parceiros o Governo, a Academia e a as Empresas.

Essa semana o Secretário Estadual de Cidades e Desenvolvimento do Maranhão Márcio Jerry (SECID) fez, juntamente com equipes técnicas, uma visita de inspeção e acompanhamento das obras que integram esse projeto. Segundo Jerry os equipamentos do Nosso Centro, quando concluídos, “darão uma nova feição ao Centro Histórico de São Luís, além da oferta de uma série de novos serviços naquela região. É um conjunto de ações convergentes, voltadas para o atendimento amplo da população em várias frentes, tendo como destaque o fomento tecnológico e do empreendedorismo”, ressaltou o Secretário.

Também integrou a comitiva o Diretor da TVN / Telecomunicações Nordeste Ltda. Augusto Diniz. Vale ressaltar que a TVN, provedora de TV a Cabo, Internet e Telefonia Fixa, será a primeira empresa a se instalar no local; fruto da parceria fechada após aprovação em edital, com o Governo do Maranhão. O Casarão Tech possuí uma área útil de aproximadamente 1.150 metros quadrados, que serão divididos com a UEMA, e reservando-se à TVN uma área de cerca de 400 metros quadrados. A empresa terá como contrapartida, que investir recursos próprios para a recuperação do prédio e construção do espaço. A previsão é de que, uma vez inaugurado, o Casarão Tech receba um público diário de cerca de 220 pessoas, ente colaboradores da TVN, pesquisadores, professores e alunos da UEMA além de visitantes e público externo.

O objetivo da TVN nesse acordo é implantar no Casarão Tech o novo Call Center da operadora, com previsão de geração de cerca de 80 novos empregos diretos, ainda nesse primeiro semestre. Além dessa Central de Atendimento ao Cliente, o moderno projeto da nova unidade da TVN nesse espaço prevê também um ambiente de inovação e tecnológica destinada ao seu setor de TI (Tecnologia da Informação), Sala de Descompressão, Copa e Banheiros. O imóvel Casarão Tech também será compartilhado entre a TVN e a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), o que vai incentivar e ampliar ainda mais as parcerias já existentes entre a TVN e a UEMA voltadas para pesquisas conjuntas na área de TI.

Para o Diretor da TVN Augusto Diniz fazer parte desse projeto e inaugurar essa nova unidade significa consolidar o compromisso da empresa para com o desenvolvimento do Maranhão:

“A TVN é uma empresa genuinamente maranhense, que nasceu aqui em São Luis. Através desse projeto, vamos ajudar no desenvolvimento de uma área que pode e deve ser modelo, que é o nosso Centro Histórico. As pessoas quando viajam para a Europa buscam visitar áreas históricas exatamente como essa, e em breve teremos aqui um novo Centro Histórico revitalizado e ainda abrigando um moderno parque tecnológico; o qual será decisivo e essencial para o crescimento econômico e a futura competitividade das empresas e dos profissionais maranhenses. Só podemos louvar essa iniciativa do Governo, e estamos felizes em poder dar a nossa parcela de contribuição”, declarou Diniz.

A TVN, com 21 anos de mercado, foi a primeira operadora de TV a cabo da Ilha quando se instalou em fevereiro de 1999 na capital maranhense. Desde 2005 a operadora incorporou ao negócio o serviço de internet de banda larga; e desde 2011 passou a funcionar também como operadora de telefonia convergente. Com foco no cliente e na excelência e confiabilidade de seus serviços, a TVN busca crescer com qualidade, gerando mais empregos e sempre apostando nas novas tecnologias como base para sua constante modernização.

“Esse projeto do Nosso Centro e Casarão Tech tem uma importância imensa para o Estado e vai garantir não apenas o desenvolvimento e a atração de novos empreendimentos, como também fomentar a tecnologia e ainda preservar nosso Centro Histórico, tão belo e rico em potencial turístico, e em breve, também em potencial tecnológico. Que o exemplo da TVN seja seguido por outras empresas. Fica o nosso convite para que mais empresas também ingressem nesse programa”, disse o Sec. Márcio Jerry, fazendo um chamamento à iniciativa privada local.

FOTOS – DANIELLE VIEIRA:



2 visualizações

O Governo do Estado busca revitalizar o Centro Histórico com o programa Nosso Centro, que entre outros empreendimentos, habitações e equipamentos, contempla também a construção do CasarãoTech na Rua da Estrela, prédio que vai ser um verdadeiro parque tecnológico, reunindo quando estiver pronto empresas, espaços públicos dedicados à aceleração de incubadoras e startups e mantendo ainda mais próximos e parceiros o Governo, a Academia e a as Empresas.

Essa semana o Secretário Estadual de Cidades e Desenvolvimento do Maranhão Márcio Jerry (SECID) fez, juntamente com equipes técnicas, visita de inspeção e acompanhamento das obras que integram esse projeto. Também integrou a comitiva o Diretor da TVN / Telecomunicações Nordeste Ltda. Augusto Diniz. Vale ressaltar que a TVN será a primeira empresa a se instalar no local; fruto da parceria fechada com o Governo. O objetivo é implantar no Casarão Tech um novo call center da operadora, com previsão de geração de cerca de 80 novos empregos, ainda nesse primeiro semestre.

“Essa obra tem uma importância imensa para o Estado e vai garantir não apenas o desenvolvimento e a atração de novos empreendimentos, como também fomentar a tecnologia e ainda preservar esse Centro Histórico tão belo e rico em potencial turístico, e em breve, também tecnológico. Que o exemplo da TVN seja seguido por outras empresas. Fica o nosso convite para que mais empresas também ingressem nesse programa”, disse o Sec. Márcio Jerry ao final da visita.

FOTOS – DANIELLE VIEIRA:



2 visualizações
Destaque
Recentes
Tags
Contatos

São Luís: Rua Queops /Avenida Vale, n° 05, Edifício Michelangelo, sala 201, Jardim Renascença II, São Luis, Maranhão. CEP 65.075-800

Imperatriz: Rua Pernambuco, Edifício Centro Empresarial, Sala 501, Centro, CEP: 65.903-320

Telefone: (98) 3302-8858
Celular: (98) 98713-6973

 

comunique@comuniqueassessoria.com.br

Clientes

© 2015 - Todos os direitos reservados