I FESTIVAL DE TEATRO LUSÓFONO / FEST LUSO MA

Abertura será nessa quarta com espetáculos gratuitos até 18.08


Criado em 2008 pelo ator e produtor Francisco Pellé, do Grupo Harém de Teatro (PI), o Fest Luso – Festival de Teatro Lusófono já aconteceu em outras capitais brasileiras além de Teresina e é considerado um dos maiores eventos de teatro de países de língua portuguesa. E esse ano ganha um módulo maranhense em parceria com a Cia. Sta. Ignorância de Teatro.


Nessa décima edição do Fest Luso, o Festival acontece de 15 a 18 em São Luís, e depois de 20 a 25 em Teresina (PI). Por aqui o público poderá conferir espetáculos de países como Moçambique e Portugal, além de montagens brasileiras dos Estados do MA, RS e PI.


A abertura do Fest Luso MA acontece nessa quarta – feira (15.08) às 20H o Teatro Artur Azevedo com a mais nova versão da comédia Pão com Ovo; com o quadro que se passa no Maranhão escravocrata do século XIX , trazendo uma pesada crítica social ao trabalho escravo e ao assédio sexual contra as mulheres. Totalmente grátis, mas com distribuição de ingressos na bilheteria do TAA na véspera, dia 14/08 à partir das 14H, de acordo com a lotação do TAA.


Depois, o I Fest Luso MA prossegue com diversas apresentações diárias, em três locais distintos – Teatro Alcione Nazaré (R. da Estrela, N. 142), sede da Pequena Companhia de Teatro (R. do Giz, N. 295) e na Praça Nauro Machado no Reviver; com espetáculos encenados de 16 a 18 de agosto.


Na quinta - feira (16.08) tem a apresentação no Teatro Alcione Nazaré às 20H30; da comédia dramática “Alguém Sabe Me Dizer se o Meu Chapéu está Bem Posto” (Portugal) da Folha de Medonho – Loulé. Sozinha em cena e na vida, uma mulher reflete em voz alta sobre o que vê e ouve nos pequenos mundos do seu cotidiano, num desfile de estórias que constroem uma vida. Já na sede da Pequena Cia de Teatro (R. do Giz) às 18H30 tem o espetáculo maranhense “Velhos Caem Como Canivete”, com Marcelo Flecha, Jorge Choairy e Claudio Marconcine. E na Praça Nauro Machado às 17H o Grupo Harém de Teatro (PI) encena “Duplo Molière”, um jogo entre o autor e sua obra, entre o texto e o contexto em que viveu o francês Jean Baptiste Poquelin, um dos maiores artistas que o mundo conheceu.


Na sexta (17.08) no Teatro Alcione Nazaré às 20H30 tem o drama português da cidade de Almada / Lisboa “Migrações – Título Provisório” com a atriz Sandra Hung em uma apaixonada e dramática meditação sobre a vida e a morte, à partir de relatos de uma imigrante de Moçambique em Portugal. Já na sede da Pequena Cia. de Teatro às 18h30 tem o drama histórico de Moçambique “Nos Tempos de Gungunhanha” com Klement Tsamba. Em cena um grande “karinganas” ou seja, um conto tradicional sobre a vida de um guerreiro da tribo tsonga. Um espetáculo com ritmos tradicionais africanos. E na Praça Nauro Machado, às 17H tem a peça “Brasil Pequeno Itinerante” com Genifer Gerhardt (RS). Um Teatro de Bonecos em Miniatura, com censura livre, que fala sobre pessoas desse enorme Brasil.


Encerrando o Festival, no sábado (18.08) na sede da Pequena Cia. de Teatro, às 18H30 tem a montagem de Porto Alegre (RS) “Desmontagem – Evocando os Mortos Poéticas da Experiência”, com a atriz Tânia Farias que refaz o caminho do ator na criação de personagens emblemáticos da dramaturgia contemporânea; abordando discussões de Gênero a violência contra a mulher em suas variantes. E às 20H30 no Teatro Alcione Nazaré tem a peça “Recados de Lá” de Maputo /Moçambique. Os atores Kaká dos Santos e Diaz Santana interpretam dois fugitivos de guerra desconhecidos e traumatizados que se encontram em um abrigo. Uma troca de relatos tensos e memórias dos absurdos da guerra, que traz para o palco recados e gritos reais de milhares de vítimas inocentes das sangrentas guerras mundo afora.


PROGRAMAÇÃO / I FEST LUSO MA:

ABERTURA QUARTA (15.08): Comédia “Pão com Ovo” (MA) nova versão 2018. Teatro Arthur Azevedo às 20H.


QUINTA (16.08): “Alguém Sabe Me Dizer se o Meu Chapéu está Bem Posto (Portugal) no Teatro Alcione Nazaré às 20H30; “Velhos Caem como Canivetes” (MA) às 18H30 na Pequena Cia. de Teatro e “Duplo Molière” (PI) na Praça Nauro Machado às 17H.


SEXTA (17.08): “Migrações” (Portugal) no Teatro Alcione Nazaré às 20H30; “Nos Tempos de Gungunhanha” (Moçambique) às 18H30 na Pequena Cia. de Teatro e “Brasil Pequeno Itinerante” (RS) na Praça Nauro Machado às 17H.


SÁBADO (18.08): “Recados de Lá” (Moçambique) no Teatro Alcione Nazaré às 20H30; “Desmontagem – Evocando os Mortos Poéticas da Experiência” (RS) na Pequena Cia. de Teatro.


FOTOS – DIVULGAÇÃO:

Destaque
Recentes
Siga a gente
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Cinzento Ícone Google+
Contatos

São Luís: Rua Queops /Avenida Vale, n° 05, Edifício Michelangelo, sala 201, Jardim Renascença II, São Luis, Maranhão. CEP 65.075-800

Imperatriz: Rua Pernambuco, Edifício Centro Empresarial, Sala 501, Centro, CEP: 65.903-320

Telefone: (98) 3302-8858
Celular: (98) 98713-6973

 

comunique@comuniqueassessoria.com.br

Clientes

© 2015 - Todos os direitos reservados