Defensoria Pública promove Dia de Valorização do Idoso com palestras e apresentações culturais

03/10/2019

Com a realização de palestras e apresentações culturais, a Defensoria Pública do Estado (DPE/MA) comemorou, nesta terça-feira (1º), o Dia Internacional, Nacional e Estadual do Idoso.

 

Ocorrido no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MA), em São Luís, o evento foi coordenado pelo Centro Integrado de Apoio e Prevenção à Violência contra a Pessoa Idosa (Ciapvi), em parceria com a Rede Nacional de Proteção e Defesa da Pessoa Idosa (Renadi-MA).

 

De janeiro a setembro deste ano, a Defensoria prestou cerca de 10.800 atendimentos na capital e interior do estado, envolvendo demandas relacionadas à violação dos direitos dos idosos. A estatística de 2019 deve superar a registrada no ano passado, cujos números chegaram a casa dos 11 mil atendimentos.

 

Para o subdefensor-geral do Estado, Gabriel Furtado, a Defensoria cumpre com o seu papel de instituição cidadã quando propõe, com eventos como este, o estímulo à valorização de tão importante e vulnerável parcela da população. “Agradecemos e parabenizamos todos as instituições que participam desse grande evento, uma vez que acreditamos que somente com o esforço conjunto de todos que militam nessa causa, poderemos transformar a realidade dos nossos idosos, assegurando um futuro melhor para o segmento”, destacou.

 

A coordenadora do Ciapvi, Isabel Lopizic, acrescentou que a programação deste ano tem como tema “Eu sou protagonista da minha história”, e objetivou homenagear as pessoas com mais de sessenta anos, valorizando seu protagonismo e empoderamento. “Entendemos que precisamos de respeito e de estímulo para que se efetive novo olhar sobre o envelhecimento, fomentando uma cultura de paz e justiça”, ressaltou a assistente social.

 

Para o secretário estadual de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Francisco Gonçalves, embora os desafios sejam enormes, o governo estadual não tem medido esforços para melhorar a vida dos idosos maranhenses. “Além de investirmos na preservação dos direitos já conquistados, do ponto de vista das políticas públicas, estamos buscando também a ampliação, com ênfase na criação e manutenção de espaços de convivência intergeracional”, disse.

 

A secretária da Criança e Assistência Social, Andréia Lauande, também ressaltou o empenho do Poder Executivo municipal na implementação de políticas públicas de amparo e assistência ao idoso. “Entendemos que tendo acesso à saúde, transporte público, lazer e entretenimento, dentre outras políticas, a pessoa idosa terá mais condições de assumir o papel de protagonista de sua própria vida”, frisou a gestora, que no ato representou o prefeito de São Luís.

 

Reflexões - As palestras ministradas pelo defensor público Aldy Mello de Araújo Filho e pelo promotor de Justiça José Augusto Cutrim, abordando o tema "O Protagonismo e o Empoderamento da Pessoa Idosa", foram um dos pontos altos do evento.

 

Titular do Núcleo da Família e Registros Públicos, Aldy Filho discorreu sobre o processo do envelhecimento e suas repercussões sociais. Citando os dados divulgados em 2018, onde o IBGE revela que a expectativa de vida do brasileiro, nos últimos 22 anos, saltou de 54 para 76 anos, o defensor público disse que se faz urgente a efetivacão de todas as políticas e regramentos jurídicos de amparo aos maiores de 60 anos, para que o Brasil consiga reverter a atual realidade marcada por injustiças e escalada da violência contra o segmento.

 

Neste contexto, Aldy apontou um dos caminhos: o empoderamento do idoso a partir do fortalecimento das instituições públicas, movimentos sociais e conselhos de direitos. “Esses espaços públicos, sob hipótese alguma, podem ser enfraquecidos, desaparelhados ou, muito menos, extintos”, ressaltou Aldy Mello, que já foi defensor-geral do Estado entre os anos de 2010 e 2014, e classificou a data como um dia de reflexões. “Como nós estamos nos preparando para envelhecer?”, questionou ao final da palestra. 

 

O promotor de Justiça José Augusto Cutrim também aproveitou o momento para lançar questionamentos acerca do perfil das composições familiares da atualidade e sobre possíveis caminhos para o envelhecimento digno e saudável, a partir da quebra de tabus e a revisão de padrões de comportamentos, que podem permitir aos idosos uma ressignificação de suas trajetórias.
 
“O que nós estamos fazendo dos nossos dias atuais pode ser determinantes para quando chegarmos aos 60 anos. Qual a leitura que estamos fazendo dos dias de hoje? Estamos nos permitindo? Por isso, parabenizo todos os idosos que estão aqui neste evento, pela força e determinação, pela superação dos seus limites e pela possibilidade de estarem trilhando caminhos novos e cheios de vida”, assinalou o titular da Promotoria do Idoso.

 

Um dos titulares do Núcleo de Defesa do Idoso, o defensor Cosmo Sobral prestigiou a programação, ressaltando a importância das discussões para o fortalecimento da atuação na área. "A Defensoria tem um trabalho forte e articulado na defesa e proteção dos direitos do idoso, que só tem a ganhar com eventos como este", frisou.

 

Na mesa de abertura do evento, também estavam a advogada e presidente da Comissão dos Direitos dos Idosos da OAB, Bruna Feitosa, a defensora pública e diretora da Escola Superior da DPE/MA, Isabella Miranda, o diretor do Solar do Outono, Glécio Sandro, a titular da Delegacia do Idoso, Igliana Azulay, a coordenadora geral do Fórum das Entidades Maranhenses de Defesa e Proteção dos Direitos do Idoso (Femadi), Adalgiza Zaidan Drumond, e o presidente da Agência Executiva Metropolitana (Agem), Lívio Mendonça.
 
Programação cultural - As atrações culturais, todas protagonizadas por idosos, deixaram o Dia de Valorização da Pessoa Idosa ainda mais animado. Embalados pelo regente Francisco Newman, vários grupos de corais da terceira idade festejaram a data: Vozes de Sabedoria (Sesc); Vozes da Unabi (Uema); Canto de Luz (Uniti); Amor e Vida (CBPMMA); Vozes do Tempo (Caisi) e Francisco Jarra.


A plateia também se emocionou com o depoimento de idosos, que com resiliência, conseguiram superar os seus limites e hoje aproveitam os benefícios da maturidade. Com o seu violão, a cantora Irani Alves fez uma apresentação solo e o evento foi encerrado com a performance artística da idosa Amara Lucena.

Please reload

Destaque

100% de desconto na tarifa de energia para famílias de baixa renda

May 20, 2020

1/10
Please reload

Recentes

May 21, 2020

May 21, 2020

May 20, 2020

May 20, 2020

Please reload

Leia Também
Please reload

Siga a gente
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Cinzento Ícone Google+
Contatos

São Luís: Rua Queops /Avenida Vale, n° 05, Edifício Michelangelo, sala 201, Jardim Renascença II, São Luis, Maranhão. CEP 65.075-800

Imperatriz: Rua Pernambuco, Edifício Centro Empresarial, Sala 501, Centro, CEP: 65.903-320

Telefone: (98) 3302-8858
Celular: (98) 98713-6973

 

comunique@comuniqueassessoria.com.br

Clientes

© 2015 - Todos os direitos reservados