Com mais de 460 participantes, curso on-line sobre violência sexual contra crianças e adolescentes

O curso on-line e gratuito “Atuação em Rede no Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes”, fruto de parceria entre a Defensoria Pública do Estado (DPE/MA) e a Universidade Estadual do Maranhão, já recebeu mais de 460 inscrições em apenas 4 dias. A capacitação, disponibilizada na plataforma Eskada, da UEMANET, é voltada a qualquer pessoa da comunidade, especialmente aos profissionais que militam na área de proteção aos direitos do segmento infanto-juvenil.


O curso é um desdobramento da campanha permanente de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes, desenvolvida pela DPE/MA, por meio do Núcleo de Defesa da Criança e do Adolescente (NDCA) desde 2019. De lá pra cá, mais de 700 pessoas da rede de ensino e militantes da área foram capacitados, com foco na identificação e encaminhamento dos casos de violência sexual denunciados por alunos.


“Percebemos que com a Universidade Estadual do Maranhão, referência no ensino a distância, poderíamos chegar mais longe, ampliando o alcance das informações acerca do fenômeno da violência sexual contra crianças e adolescentes”, destacou o defensor público do NDCA e coordenador da campanha, Davi Rafael Veras.


Para participar, o interessado precisa acessar o catálogo da plataforma Eskada e fazer sua inscrição no curso “Atuação em Rede no Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes”, que tem em seu corpo docente representantes da DPE/MA, Delegacia de Proteção da Criança e do Adolescente (DPCA), Instituto de Perícias Técnicas para a Criança e o Adolescente (IPTCA), Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Conselho Tutelar, Unicef, Hospital Universitário e Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas).


Com uma carga horaria de 100h, o curso é dividido em três módulos e ficará aberto permanentemente na plataforma e os interessados podem conduzir seus estudos dentro do seu ritmo a qualquer momento, tendo, ao completar a carga horária, direito à certificação.

Destaque
Recentes