Petiscos para cachorros: aprenda a escolher o melhor para seu pet!

Entenda mais sobre o assunto e tire suas dúvidas!



Dar um petisco para um cachorro é semelhante a dar um doce à uma criança. Eles se empolgam, nos obedecem e fazem aquela famosa carinha de pidão. Mas, além de deixar o seu “aumiguinho” feliz, os petiscos contam com grandes vantagens, entre elas o que chamamos de “reforço positivo”. “Essa é uma técnica muito utilizada durante o adestramento de pets, diferentemente de antigamente que era utilizada a violência quando o animal fazia algo indesejado”, lembra a médica veterinária do Pet Mania, Jayanna Maia.


O “reforço positivo” também pode vir na forma de carinho, elogio, passeio ou as famosas guloseimas caninas, sempre que o seu cão tiver um comportamento positivo, é uma forma de recompensa.


No mercado, não faltam opções de petisco para cachorro, no entanto os mais populares no mercado são os industrializados. “Vendidos em embalagens plásticas ou latas, os petiscos devem ser ministrados eventualmente e, em pequenas porções. Podem ser mais moles, como bifinhos e patês, ou mais crocantes, como biscoitos, cookies e ossinhos. Cada marca disponibiliza uma série de sabores, texturas e formatos para agradar a qualquer perfil canino”, revela a especialista.


O que observar na hora de escolher os petiscos?



Esse sem dúvidas é o momento que mais causa incertezas. Diante da vasta opção de petiscos oferecidos pelo mercado pet oferece, como os petiscos com sabor de frutas, com 70% carne, veganos, sem açúcar etc. É tanta variedade que fica até difícil de escolher qual o melhor ou que tipo de petisco é o favorito do seu pet. Para ajudar nessa missão, a médica veterinária, Jayanna Maia dar algumas dicas. “Na hora de escolher os petiscos, é fundamental conhecer muito bem o seu cão. Os snacks devem ser comprados de acordo com sua idade, peso e raça, para garantir que eles tenham todos os nutrientes certos para suprir as necessidades do animal”, alerta.


Como falamos existe uma infinidade de tipos de petiscos, saber qual o melhor para o seu pet nem sempre é fácil. “Isso porque depende se ele tem alguma restrição alimentar, preferência por algum sabor, por exemplo. Por isso é fundamental que seu pet seja acompanhado por um profissional que pode identificar se o animal apresenta intolerância a algum ingrediente específico antes de oferecer o petisco”, pontua a médica veterinária.


Petisco para a higiene bucal


Assim como os humanos os pets precisam estar com a higiene bucal em dias. Além da estética, a higiene bucal regular previne uma série de doenças ao cãozinho. E, para auxiliar nessa limpa durante o dia, o mercado pet já dispõem de petiscos que auxiliam na limpeza mecânica dos dentes. “A partir de uma seleção de ingredientes específicos e formatos especialmente pensados para promover um atrito entre o alimento e os dentes, esses produtos podem ser uma boa opção para manter a saúde oral em dia”, conta a veterinária.


Além de saborosos, os petiscos para a higiene bucal podem ser encontrados de formatos variados para cada tipo de cão. “Temos as tiras mastigáveis, petiscos que combatem à formação do tártaro e, consequentemente, melhora a qualidade de vida dos cães e os ossos de limpeza dental para cães são ótimas opções, assim como os mordedores”, destaca.


Benefícios dos petiscos



Agora que você já sabe como escolher o petisco ideal para o melhor amigo, chegou a hora de conhecer outros benefícios desse lanchinho saboroso para os pets. Confira:


  • Melhor aproveitamento no adestramento: quem entende sobre adestramento sabe que os petiscos para cães são ótimos aliados nessa trajetória, pois servem como recompensas para mostrar aos pets quando eles reagem adequadamente;

  • Incentivo à mastigação: auxilia a desenvolver a mastigação dos pets;

  • Desenvolvimento e crescimento, de filhotes: proporcionado pela riqueza de nutrientes, principalmente, cálcio e proteínas;

  • Auxiliar no funcionamento do organismo: alguns petiscos podem ter em fibras, ômega 3, vitaminas e outros complementos. De modo a facilitar a digestão, servir como antioxidante, equilibrar a glicemia, entre outras funções;

  • Bem-estar: está muito relacionado à sensação de prazer do pet ao ingerir a guloseima. Assim como é para nós comer algo incomum às refeições principais.


Apesar dos diversos benefícios os petiscos não devem ser usados para substituir as refeições do seu pet. “Petiscos não são refeições, mas sim guloseimas saudáveis que podem ser oferecidas ao animal sempre que fizer algo ‘certo’, como por exemplo, fazer xixi no local próprio. É uma recompensa”, completa a especialista.

Destaque
Recentes
Siga a gente
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Cinzento Ícone Google+
Contatos

São Luís: Rua Queops /Avenida Vale, n° 05, Edifício Michelangelo, sala 201, Jardim Renascença II, São Luis, Maranhão. CEP 65.075-800

Imperatriz: Rua Pernambuco, Edifício Centro Empresarial, Sala 501, Centro, CEP: 65.903-320

Telefone: (98) 3302-8858
Celular: (98) 98713-6973

 

comunique@comuniqueassessoria.com.br

Clientes

© 2015 - Todos os direitos reservados