Defensoria Pública leva brinquedos e material esportivo ao Coroado em ação alusiva ao Dia das Crianç



Cerca de 30 crianças e adolescentes do Bairro do Coroado foram beneficiadas com a entrega de coletes esportivos e de brinquedos arrecadados na campanha “Doe Brinquedos, Adote Sorrisos”, promovida pela Defensoria Pública estadual. A doação aconteceu na União de Moradores do bairro, em alusão ao Dia das Crianças, ocasião em que servidores da instituição realizaram dinâmicas infantis, regadas a pipoca, refrigerante, cachorro-quente e muita diversão.

A ação solidária, realizada na sexta-feira (11), integra as ações do projeto “Defensoria pelo Esporte”, executado em parceria com as secretarias estaduais de Esportes, de Segurança Pública, por meio do Pacto pela Paz, e de Administração Penitenciária, além da Secretaria Municipal de Esportes (Semdel).


Os contemplados são atletas com idade entre 8 e 17 anos, da Associação Desportiva do Coroado (Adec), escolinha de futebol que atua na região. O defensor-geral Alberto Pessoa Bastos esteve no local acompanhando o evento e destacou a importância do esporte como forma de transformação social.


“O esporte contribui de maneira significativa para o jovem, sobretudo em áreas com grande índice de vulnerabilidade social. Nossa intenção é atuar em parceria com os órgãos responsáveis pelas políticas públicas do esporte e, também, da segurança pública, a fim de estabelecer uma aproximação com a comunidade, buscando a formação de cidadãos compromissados com a família, a comunidade e a sociedade como um todo”, destacou o gestor.


Durante a entrega do material, o superintendente de esportes da Semdel, Márcio Alves, falou sobre a importância da participação de instituições como a DPE para fortalecer ações esportivas em comunidades populosas como o Coroado. “A Defensoria observa o direito constitucional do cidadão ao esporte, principalmente quando fomenta a prática a jovens e adolescentes. Muito bom poder contar com essa importante parceria”, disse o servidor municipal.


A Adec é dirigida pelos professores Hélio Maranhense, Elso Luís Santos e Adailton Pinheiro e tem o objetivo de oportunizar uma vida melhor a jovens do Coroado por meio da prática desportiva e do ambiente saudável. “É um trabalho voluntário, árduo, com muita luta diária para tudo. Mas não retrocedemos na nossa missão de plantar uma sementinha na mente e no caráter desses jovens. Se não der para ser um jogador de futebol, serão homens, maridos, profissionais de cidadãos de bem”, concluiu Elso Santos.


Destaque
Recentes