Afinal, pimenta faz mal à saúde ou podemos comer sem medo?


Usada em várias receitas como molhos quentes, sopas, pratos de carne, alimentos grelhados ou até pura para garantir o sabor, o consumo da pimenta divide opiniões. Será que a pimenta faz mal à saúde ou não há maiores consequências em incluí-la na dieta?


Vale lembrar que assim como outros alimentos, o excesso pode sim causar problemas ao organismo, no entanto se consumida de forma moderada os benefícios são garantidos.


Um dos mitos mais conhecidos sobre a pimenta é que o seu consumo causa hemorroida. Sem comprovação científica, a ideia cai por terra e dá lugar a inúmeras vantagens do alimento. Vale lembrar que o que acontece é que o alimento pode causar irritação na área em que já exista uma hemorroida, mas o alimento não ser o causador da doença.


Quando o assunto é vantagens, as pimentas esbanjam opções. Elas são fontes de vitaminas C e E, além de substâncias que são transformadas em vitamina A dentro do fígado. Essas e outras propriedades da pimenta fazem com que ela tenha um efeito termogênico, de aceleração do metabolismo. Além disso, ela traz bem-estar por sua ação anti-inflamatória que alivia dores fortes causadas por algumas doenças.


Outros benefícios importantes da pimenta são o seu efeito antioxidante, o impacto favorável sobre o fluxo sanguíneo e o fortalecimento do sistema imunológico.


A reportagem pode mostrar as vantagens do consumo da pimenta e esclarecer alguns mitos sobre o alimento com a ajuda de especialistas.

Destaque
Recentes