Mais energia e desenvolvimento para o Maranhão

Equatorial Maranhão investe em conjunto de obras para acompanhar o crescimento industrial e turístico do estado


Buscando a melhoria da qualidade da energia fornecida para população, a Equatorial Maranhão tem investido continuamente em obras que possibilitam o fortalecimento e expansão do sistema elétrico em todo o Estado. Somente na região Norte, uma das que mais cresce no Maranhão, são mais de 68 milhões de reais aplicados no conjunto de obras que atenderá desde o polo industrial de São Luís até o crescente polo turístico do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. O investimento beneficiará diretamente cerca de 362mil clientes.

Devido à sua posição geográfica favorável à importação e exportação de insumos, na capital, os esforços estão concentrados em atender a expansão da demanda de energia elétrica nos eixos industrial e portuário. Está em andamento o Projeto São LuísIV que compreende a implantação de uma nova fonte de suprimento à ilha incluindo a construção de uma nova subestação na Vila Maranhão, além de outras seis novas redes de distribuição fortalecendo ainda mais o sistema elétrico.

Totalmente automatizada, a nova subestação comportará linhas de distribuição capazes de atender clientes de grande porte em 69 KV (quilovolt), acompanhando o crescimento da zona industrial de São Luís onde estão implantadas empresas como Ambev, Votorantim, Cimentos do Maranhão, Total Ferro, Coca-Cola, dentre outros mercados prospectados, como o novo terminal portuário de São Luís e futuras expansões do Porto do Itaqui (EMAP). Além disso, beneficiará cerca de 47.542 unidades consumidoras residenciais.

O Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), Edilson Baldez, destaca que “com a perspectiva da instalação de grandes projetos no Distrito Industrial de São Luís, atraídos pela logística e diferenciais do Porto do Itaqui e dos incentivos e benefícios proporcionados pelas esferas dos governos, a nova de oferta de energia criada pela Equatorial Energia, com a ampliação de capacidade de distribuição da Subestação da Vila Maranhão, será um diferencial importante para atender as demandas necessárias ao crescimento desse importante polo industrial. Investimentos, sempre criam oportunidades e viabilizam a instalação de empreendimentos de porte, gerando empregos, renda e prosperidade econômica ao nosso estado. ”

Já no litoral do estado, para atender o crescimento do mercado impulsionado pelo turismo, foi iniciada em julho a construção da nova Subestação Lençóis. Localizada às margens da BR-402 no município de Humberto de Campos, e com entrega prevista para dezembro deste ano, a subestação possibilitará uma maior qualidade da energia elétrica para os municípios de Humberto de Campos, Santo Amaro, e Primeira Cruz.

Além da nova subestação, também está sendo construída uma nova rede de distribuição, com58 km, que interligará as subestações Urbano Santos e Lençóis. São mais de 25milhões de reais investidos na ampliação do nível de tensão adequado e melhorias nas redes de distribuição.

Investimento e Tecnologia - A Subestação Lençóis conta com sistema de Self-Healing (Recomposição Automática), que permite a realização de manobras na rede elétrica sem a necessidade de intervenção dos controladores do Centro de Operações Integradas da Equatorial Maranhão. Este sistema é um dos primeiros a ser implantado no Brasil e faz parte do investimento da Companhia em Redes Elétricas Inteligentes (Smart Grids). Deste modo, temos uma nova subestação já nasce digitalizada, ou seja, sua supervisão é remota, assim como as demais subestações.

Para o Executivo de Planejamento da Equatorial Maranhão, Luiz Viana, “o conjunto de obras que está sendo realizado na região norte do estado compõem uma sinergia de reforços estruturais que devem trazer benefícios imediatos a todo o estado. Os novos projetos trazem maior robustez ao sistema elétrico, viabilizando atendimento a novos mercados e maior flexibilidade operacional, que resulta na melhoria da continuidade no fornecimento de energia. ”

Mais obras

Também faz parte do plano de obras o aprimoramento de subestações e linhas de distribuição que já estão em funcionamento. Dois destaques são as Subestação de São José de Ribamar e São Bernardo que estão passando por melhorias e receberão a substituição do transformador (componente que modificará os níveis de tensão automaticamente) garantindo maior qualidade de energia. A reestruturação deverá aumentar a estabilidade do fornecimento de energia no município, aumentando a capacidade de atendimento a novos empreendimentos.

Para o Presidente da Equatorial Maranhão, Augusto Dantas, todo esse empenho contribuirá para o desenvolvimento da região norte do Maranhão, proporcionando mais crescimento para a indústria, comércio e turismo no Estado, levando melhoria na qualidade de vida de muitas famílias.

“A energia da Equatorial Maranhão contribui todos os dias para o crescimento do Maranhão. A cada dia o Estado se desenvolve mais. Esse conjunto de obras visa melhorar a confiabilidade, qualidade e segurança do fornecimento de energia elétrica para mais de 15 municípios, o que reflete no desenvolvimento de todo o Maranhão. A energia elétrica é um fator essencial para garantir a dignidade das pessoas e o crescimento das cidades, por isso, temos muito orgulho de investir e fazer parte de tudo isso”, destacou.

Destaque
Recentes