JANEIRO BRANCO: A SUA MENTE PRECISA DE ATENÇÃO!

Campanha serve de alerta para o cuidado com a saúde mental



Janeiro é o mês marcado pela expectativa de novidades para o novo ciclo que se inicia. É comum que durante e após a passagem de ano, muitas pessoas repensem suas ações e construam metas para os próximos doze meses. Porém, há um fator essencial para a vida que muitos não incluem em seus planos: o cuidado com a saúde mental e emocional.



“Em termos simbólicos e culturais, neste período todos nós estamos propensos a refletir sobre nossas vidas. Por isso, a campanha também é caracterizada pela cor branca, sendo uma espécie de convite ou uma folha em branco para que todos sejam inspirados a escolher os nossos novos caminhos e claro, cuidar da mente”, afirma a psicóloga do Hapvida Saúde, Celiane Lopes.


Destaque também por ser tema da redação do último Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), a pauta é uma das mais levantadas e discutidas durante a pandemia, uma vez que suas consequências contribuem significativamente para o desenvolvimento de transtornos psicológicos como ansiedade e depressão.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que a doença afeta 4,4% da população mundial. Sendo o Brasil, com 5,8% da população atingida, o segundo país com maior número de pessoas com depressão nas Américas, atrás somente dos Estados Unidos, com 5,9% de depressivos.

A população brasileira também é a que possui maior índice de pessoas com ansiedade no mundo, com quase 19 milhões de brasileiros apresentando a doença, o que equivale a 9,3% da sociedade. Além disso, o suicídio já é considerado a terceira principal causa externa de mortes no país, com 12,5 mil casos em 2017, ficando atrás dos acidentes e agressões, segundo o Ministério da Saúde (MS).

Para a psicóloga, dados como estes tendem a crescer, devido aos danos causados pela pandemia do novo Coronavírus. “Hoje é possível perceber que o isolamento social, o desafio do home officie e a perda de familiares e amigos são fatores que mais estão ligados ao desencadeamento de crises de ansiedade e picos de estresse”, detalha.

Como cuidar da saúde mental e emocional?

Diante das diversas dificuldades causadas pelo adoecimento da mente, a saída pode parecer distante, mas com estratégias simples ou auxílio profissional, é possível começar a ter uma mente mais saudável. Confira algumas dicas:

  1. Pratique exercícios físicos regularmente e tenha hábitos saudáveis

A dopamina, mais conhecida como hormônio da felicidade, é uma substância liberada durante as atividades físicas. Portanto, este é um dos hábitos mais indicados para cuidar do corpo e da mente. Além disso, a prática de exercícios físicos servem também como refúgio, já que sempre exige foco e respiração adequados.

"Manter sempre uma boa noite de sono e outros cuidados básicos, como na alimentação, também contribuem para a prevenção de diversos transtornos psicológicos", afirma Celiane Lopes.

  • Pratique o autocuidado

Olhar para si com carinho e gentileza, respeitar o seu corpo e seus limites também são atos em prol da sua saúde e que, sem dúvidas, são essenciais para aumentar o seu bem estar físico e emocional.

  • Consulte um psicólogo

Em momentos de angústia, buscar ajuda é sempre o melhor caminho. Por isso, as redes de apoio tornaram-se cada vez mais importantes, sejam elas compostas por familiares, amigos ou psicólogos.

“O acompanhamento psicológico é fundamental para auxiliar as pessoas a compreenderem a si mesmos. Pois é através de orientações e estímulos que podemos encontrar a causa dos nossos desconfortos e buscar estratégias que ajudem a organizar nossas vidas e administrar nossas emoções”, explica.

  • Adquira novas habilidades

Que tal tentar um novo hobby ou até mesmo voltar a praticar aquilo que você mais gostava?

Tocar instrumentos, fazer artesanato, ler, escrever, assistir um bom filme ou série e praticar esportes, podem ser atividades que proporcionam prazer e exercitam bem o cérebro. Mas vale lembrar que manter o equilíbrio entre as responsabilidades e as atividades de lazer permanece sendo fundamental.

  • Preserve um tempo para a família e amigos

Na correria do dia a dia, muitas pessoas acabam se distanciando de familiares e amigos, perdendo assim momentos únicos de afeto e felicidade durante a pressão do trabalho ou estudos. Portanto, converse, sorria, abrace e relaxe.

Destaque
Recentes