Manter uma rotina organizada é fundamental em tempos de pandemia

No Dia Mundial da Saúde, especialistas dão dicas para organizar a rotina em casa e manter a saúde do corpo e mente.


Manter o seu dia a dia organizado durante o isolamento social pode ser a alternativa mais saudável para enfrentar os efeitos da pandemia. Mesmo após um ano desde que tudo mudou, especialistas ainda reforçam a importância de manter uma rotina flexível, separando horários para o trabalho, estudos, lazer, alimentação, sono e interação familiar.


Ivana Teles, psicóloga do Sistema Hapvida, lembra que o momento exige que todos reorganizem suas rotinas. "Um dos primeiros efeitos do isolamento é a desorientação atencional. A pessoa se sente mais confusa, menos concentrada, muito mais cansada. Alguns até pensam que ao trabalhar em casa vai conseguir descansar, mas não é isso que acontece. Por isso, seguir uma rotina é indispensavél”, pontua a especialista.

O tempo a mais em casa não significa, necessariamente, um descanso. “Assim como você organiza sua rotina para sair de casa e ir trabalhar, o seu dia a dia dentro de casa também precisa de controle”, afirma.


Para quem está em casa, a primeira tarefa a cumprir é a reorganização cotidiana, pensar em horários para fazer cada coisa. A segunda é cumprir os horários. “Não se trata de ser sempre produtivo, mas sim de seguir o tempo de cada atividade. Dessa forma, você consegue visualizar a sua rotina do dia com mais clareza”, destaca.


Outra atividade indispensável em tempos de pandemia é o contato virtual com familiares e amigos. “Felizmente contamos com a ajuda da tecnologia para estarmos presente na vida de quem amamos. Tirar um momento do dia para ligar para os amigos, conversar com a família, matar a saudade por chamada de vídeo daquela avó que está longe, é uma ótima forma de relaxar e distrair”.


Se manter em movimento é também fundamental para garantir a saúde do corpo e da mente. “A atividade física é uma forma de válvula de escape para as emoções mais intensas como raiva, medo e ansiedades”, revela Ivana.


Atividade física em casa


Como já vimos, manter o corpo em movimento traz benefícios tanto físicos quanto para a mente. No entanto, mesmo diante de seus ganhos, é preciso tomar alguns cuidados ao executá-los sozinho em casa.


O coordenador da + 1K do Sistema Hapvida, Vilson Borges destaca que a orientação de um profissional de educação física, seja presencial ou virtualmente, é indispensável. “O profissional monta o treino de acordo com o perfil de cada aluno, levando em consideração diversos fatores que contribuem para resultados positivos”, afirma.

Já no caso das aulas gravadas disponíveis nas redes sociais, o especialista faz um alerta. “Você precisa saber qual o nível da aula, se leve, moderada ou intensa. Esse é um cuidado que, principalmente, os iniciantes precisam ter”, ensina.

Destaque
Recentes