Ouvidoria da DPE/MA lança projeto para fortalecer aproximação com comunidades


A Defensoria Pública do Estado (DPE/MA) deu início, nesta semana, a uma série de encontros virtuais, que servirão de base para o planejamento estratégico de atuação institucional nas comunidades e comarcas que passarão a contar com o serviço voltado à proteção dos direitos das populações vulneráveis. O primeiro deles aconteceu, nesta segunda-feira (26), e reuniu lideranças comunitárias da região da Zona Rural de São Luís, onde a DPE/MA inaugurará um econúcleo no próximo dia 5 de maio.


Intitulada “Diálogo na Comunidade”, a roda de conversa virtual, transmitida via Google Meet, foi conduzida pelo defensor público Alex Pacheco Magalhães, que assumirá a titularidade do núcleo, e pela ouvidora-geral da DPE/MA, Fabíola Diniz Araújo, idealizadora do projeto. O encontro contou também com a participação do defensor-geral Alberto Bastos e do subdefensor Gabriel Furtado.


Além de conhecer as lideranças comunitárias e as principais demandas e reivindicações das comunidades da Zona Rural, os representantes da Defensoria estadual apresentaram os serviços e ações desenvolvidas pela instituição. Dentre os relatos da comunidade, durante a roda, estão problemas relacionados aos acidentes ocorridos na rotatória do Maracanã, à falta de acostamento na via, ausência de linhas de transporte público para atender a área, além da falta de abrigos. Também foi apontada a necessidade de fortalecimento de políticas públicas voltadas à educação, saúde e segurança na região.


Segundo Alberto Bastos, o projeto traz de volta as audiências públicas, realizadas sempre que a Defensoria inaugurava uma nova unidade, permitindo assim uma maior aproximação com os seus potenciais assistidos.


“A roda de conversa virtual é uma estratégia utilizada para manter contato com as comunidades onde estamos chegando com os nossos serviços. Com isso, conseguimos discutir, de forma segura para todos, como se dará a nossa atuação na localidade ou comarca”, esclareceu Bastos.


Anunciando uma nova edição da roda de conversa virtual para esta quarta-feira (28), com a presença de lideranças da comarca de Grajaú, onde a DPE/MA inaugura mais um econúcleo, na sexta-feira (30), Gabriel Furtado reiterou a importância da manutenção de um calendário de encontros.


“Sob a coordenação da Ouvidoria, e com o apoio da Escola Superior, esperamos levar a mensagem da Defensoria para todos os lugares que estamos chegando com os nossos serviços. A sociedade civil é o que nos mobiliza e é perto dela que precisamos estar”, destacou o subdefensor.


Para Fabíola Araújo, manter o diálogo entre a população e a instituição é valorizar a participação cidadã, possibilitando transformar reivindicações e reclames sociais em garantia de direitos. “Os encontros acontecem de forma on-line, neste cenário pandêmico, mas assim que pudermos, queremos retomar a mobilização dentro das comunidades, ouvindo os assistidos onde eles vivem”, frisou a ouvidora.

Destaque